Crônicas, Informações

Deus tá vendo…

Mesmo quem não tenha religião, já deve ter usado essa frase.

Dentro do nosso coração, receber um castigo de Deus é a pior coisa que existe. E quando é usado?
Quando não temos armas suficientes para enfrentar a maldade humana, e que só uma intervenção divina faria justiça.

Falaram mal de mim, me colocaram no assunto, me envolveram em casos que nem estava lá, estragou meu negócio, exibida, me dedurou para o chefe, roubou meu cliente, virou a cara, a pessoa é injusta, é vira-casaca, não confio mais, e tantos outros motivos que leva a usar a tal frase.
Quem é essa pessoa a quem você deseja que Deus dê atenção especial e jogue nela o castigo merecido?

Que Deus mau, né?
Ele vai fazer a pessoa pagar por aquilo que fez a você ou alguém querido. E você é tão boazinha… Não faz mau à uma mosca.
É, Deus tá vendo.

A dor em não poder resolver o ocorrido como o primeiro pensamento que lhe vem à mente, deixa o encargo ao Divino. Lógico, você não é uma pessoa má. E não faz essas coisas.
Se vcoê não é má, então, por que acha que Deus é e vai atuar na sua vingança? Aliás, só quando incomoda é que pensamos assim.
Quando incomoda, tem alguma coisa. Sentimentos que você só quer extravasar. Mas poderia resolver se você se ouvisse.
Ao se ouvir, analisará com calma se vale a pena ou não perder tempo com o assunto. Ao se ouvir, pesará nos prós e contras e não deixará que te atinja a ponto de perder o controle da situação, esperando uma mágica acontecer. Escute essa vozinha interior.
Você já deve ter visto pessoas que, a princípio, não vale a pena mas está lá, firme e forte sem nenhum arranhão.
Como pode? Apenas que essa pessoa tem qualidades que você não prestou atenção e que faz com que nada de mau aconteça.

Afinal, todos temos algo de bom, não é mesmo?
Até mesmo você, que rogou essa praga. Mal amada são os que querem tudo do seu jeito!

Sobre o autor.

Postagens relacionadas